Qualidade de vida no trabalho

Como promover a saúde mental no trabalho?

Tempo de leitura: 3 min

O ambiente de trabalho é o local onde passamos a maior parte do nosso dia. Ou seja, o que acontece ali afeta diretamente a saúde física e emocional de qualquer trabalhador. No Brasil, esse assunto vem ganhando importância nos últimos, principalmente após a divulgação de alguns dados negativos em relação à saúde mental no trabalho. É um tema delicado, mas importante para quem busca um ambiente mais saudável.

Quer saber como promover ações positivas em sua empresa e melhorar o ambiente de trabalho? Continue a leitura deste artigo e fique por dentro.

A necessidade de debater sobre saúde mental no trabalho

Em 2013, de acordo com o INSS, transtornos mentais foram a 3ª causa mais utilizada para justificativa de afastamento do trabalho. Assédio moral, jornadas e metas abusivas, perseguição, enfim, essas são algumas das causas de muitos problemas psicológicos, como depressão e ansiedade.

Tudo isso fica ainda pior quando falamos em extensão do trabalho nos dias de hoje. Como estamos cada vez mais conectados, passando o tempo inteiro com os celulares nas mãos, fica mais difícil separar o momento de lazer e o momento de trabalho.

Nesta incessante busca de mais resultados, de metas, de mais e mais lucro, muitas vezes são deixadas de lado coisas mínimas que mantêm em dia a saúde mental no trabalho. É preciso encontrar tempo para trabalhar, mas também para se divertir, relaxar ou aproveitar a família, por exemplo.

As práticas preventivas que podem ser adotadas

As soluções para esse tipo de problema podem ser mais simples do que imaginamos. O primeiro passo é conversar sobre o assunto e acabar com certos preconceitos que ainda existem. Um exemplo é tratar a depressão como qualquer outra doença que o funcionário relate.

Pequenas mudanças na rotina podem ajudar a evitar situações como essa no trabalho, como dar liberdade para que o funcionário faça home office uma vez ou outra, ou mesmo horários flexíveis. São ações simples que podem fazer uma grande diferença.

Além disso, a inserção de grupos terapêuticos dentro das empresas é uma ação muita positiva para quem quer investir em saúde mental no trabalho. Com especialistas no assunto próximos aos funcionários, o tratamento das doenças acaba sendo mais eficiente e especializado, evitando problemas mais graves.

Os benefícios para a empresa e o colaborador

Investir em saúde mental no trabalho não beneficia apenas o funcionário, mas também a empresa, que terá uma equipe mais focada e preparada para realizar suas funções. Um ambiente mais saudável aumenta a produtividade e proporciona resultados melhores.

Além disso, pensando pelo lado econômico, segundo o Atlas de Saúde Mental 2017, da Organização Mundial da Saúde (OMS), a cada dólar investido na prevenção de transtornos mentais, quatro dólares retornam em condições melhores de saúde para o funcionário exercer o seu trabalho.

A finalidade deste texto era demonstrar que a população brasileira – e mundial – vem sofrendo com diferentes doenças psicológicas no trabalho, como isso afeta diretamente a empresa e o colaborador e, além disso, apontar pequenas mudanças na rotina que podem ajudar a promover a saúde mental no trabalho, bem como atividades mais específicas sobre o tema, como grupos terapêuticos especializados para tornar o ambiente mais saudável.

Gostou do nosso artigo? Quer saber mais sobre como melhorar o ambiente de trabalho? Confira nosso outro post sobre programas de qualidade de vida dentro das empresas.

Medida Saúde

Qualidade de vida no ambiente corporativo. A maior plataforma para acompanhamento da saúde dos colaboradores do Brasil.