Recursos Humanos

Faltas ao trabalho: qual o custo do absenteísmo para as empresas?

Tempo de leitura: 3 min

As faltas ao trabalho podem provocar impactos negativos para uma empresa. A prática afeta a produtividade, o andamento das tarefas e o financeiro da organização. Embora elas pareçam rotineiras, entendê-las é fundamental para propor medidas e evitá-las.

Quer saber qual o real custo do absenteísmo e descobrir como é possível administrá-lo? Continue conosco: preparamos um artigo explicando as principais consequências. Confira, a seguir!

Qual a importância de uma política clara de absenteísmo?

O absenteísmo tem um grande impacto financeiro para as empresas e, por isso, é um dos grandes desafios de um negócio. Assim, encontrar as maiores causas de faltas ao trabalho em seu empreendimento e estruturar ações para melhorar esse índice é fundamental.

Definir estratégias que realmente produzam efeito e que se mostrem ativas contra os motivos das ausências é a única maneira de não arcar com as despesas que são geradas para os negócios.

Estabelecer um protocolo e uma rotina voltada a controlar esses fatores tem grande importância. Fundamentando tais diretrizes na cultura organizacional e repassando aos funcionários adequadamente, vai ser possível observar a diminuição dos custos dessa prática.

Quais fatores colaboram com a incidência de absenteísmo?

Existem motivos e hábitos instaurados na organização que ajudam a desencadear o problema. Compreendê-los é preciso a fim de propor medidas contentoras. Podemos citar como os maiores motivos de absenteísmo:

  • problemas de saúde física e mental (muitas vezes relacionadas ao ambiente de trabalho);
  • falta de motivação;
  • supervisão ineficaz da chefia;
  • problemas com transportes;
  • consulta com médico;
  • atrasos involuntários por motivo de natureza maior;
  • clima organizacional ruim;
  • estresse;
  • perfil do funcionário incompatível com a organização.

Quais políticas podem ser adotadas pelo o RH para diminuir as faltas ao trabalho?

Para conter as faltas ao trabalho é preciso que a gestão trabalhe os aspectos que podem desencadeá-las. Verificar os índices e dados dos motivos dessa prática na sua instituição é uma boa maneira de nortear o processo.

Porém, de maneira geral, existem medidas que devem ser adotadas por todas as administrações, pois com certeza podem evoluir para consequências negativas. São elas:

  • política de prevenção de acidentes do trabalho;
  • política de contratação de funcionários com perfil organizacional;
  • política interna de benefícios da empresa;
  • política de liderança.

Quais são os custos das faltas ao trabalho?

Muitos são os custos das faltas ao trabalho. Elas impactam em diversos aspectos da empresa e todos eles refletem no financeiro. Ainda que com um controle de ponto adequado seja possível realizar alguns descontos pertinentes, os gastos vão muito além.

A organização sofre com a diminuição da produtividade, o que tem consequências graves, como o acúmulo de tarefas importantes. Em longo prazo, isso pode causar a perda de um cliente ou de um trabalho indispensável para o andamento das demais tarefas.

Assim, a instituição arca tanto com as consequências financeiras pesadas que as ausências causam, mas também com possíveis danos estruturais nos processos. Desse modo, o resultado da atividade fim é altamente atingido, ficando inferior à sua capacidade. Esse é, sem dúvida, um alto custo para a organização.

As faltas ao trabalho são um problema tanto para os recursos humanos quanto para o processo produtivo. Seus motivos, muitas vezes, são internos e é papel da empresa corrigi-los para evitar os danos que isso causa. Cuidar desse aspecto do trabalho é imprescindível para manter a eficiência e um bom andamento das atividades.

Nosso artigo ajudou a compreender como o absenteísmo pode prejudicar sua gestão? Quer entender como é possível cuidar de questões como essa com treinamentos adequados? Leia nosso outro texto sobre quando investir em capacitar e informar a sua equipe

 

Medida Saúde

Qualidade de vida no ambiente corporativo. A maior plataforma para acompanhamento da saúde dos colaboradores do Brasil.